SINDIÁGUA-PB

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação da Água e em Serviços de Esgotos do Estado da Paraíba

Em assembleia virtual, trabalhadores da CAGEPA aprovam ratificação do Acordo Coletivo 2020/2021

20 de maio de 2021

O SINDIÁGUA-PB realizou segunda-feira (17) assembleia geral extraordinária em ambiente virtual. A convocação objetivou deliberar, votar e aprovar ou não a proposta de Ratificação do Acordo Coletivo de Trabalho da CAGEPA para o período compreendido de 01 de maio de 2020 a 30 de abril de 2022 e autorização para firmar Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2022, visando inserir novos benefícios para a categoria.

A assembleia virtual iniciou às 19h30min, conforme edital de convocação. Os trabalhadores ouviram as explicações do presidente do SINDIÁGUA-PB, José Reno de Sousa, os motivos pelo qual foi convocada a assembleia de ratificação do ACT-2020/2022, como também os motivos que fizeram o SINDIÁGUA-PB assinar junto a empresa e registrar o referido acordo no ministério da economia.

Reno também aproveitou a sua fala inicial para mostrar toda indignação com os ataques constantes e sistemáticos que o SINDIÁGUA-PB vem sofrendo e criticou o grupo de oposição (presentes na assembleia) que usam de práticas antissindicais na ânsia de atingir o sindicato, única e exclusivamente, pondo em risco os direitos da categoria, por exemplo:

  • Pedido na justiça do trabalho para anulação do acordo da ação do Tíquete Alimentação que atualmente está beneficiando cerca de 1.000 (mil) trabalhadores e trabalhadoras (Ativos, Desligados e Falecidos).
  • Pedido na justiça do trabalho para anulação do Acordo Coletivo de trabalho acima citado.
  • Pedido na justiça do trabalho de intervenção no SINDIÁGUA-PB, para que o STIUPB assuma a diretoria executiva do SINDIÁGUA-PB.
  • Pedido de punição administrativo e judicialmente a trabalhadores pelo Stiupb e esse grupo opositor tornou-se recorrente, Ex: José Queiroz, Maciel, Edson Bala e Petrônio Pereira.

Ao final, Reno pediu a unidade dos trabalhadores ao enfrentamento das ameaças que nos cercam diante do novo marco legal do saneamento. Indo para parte final e decisiva da assembleia, José Reno, colocou a pauta em votação: Ratificação do Acordo Coletivo de Trabalho da CAGEPA para o período compreendido de 01 de maio de 2020 a 30 de abril de 2022 e Autorização para firmar Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2022; e que foi aprovada por maioria ampla dos presentes, sendo: 111 (cento e onze) votos pela aprovação, 7 (sete) votos contrários, 2 (duas) abstenções, totalizando 120 (cento e vinte) presentes que assinaram a lista de presença virtual.

Portanto, com o resultado, foi ratificado o Acordo Coletivo 2020/2022 firmado pelo sindicato com a CAGEPA em 30 de dezembro de 2020, como também autorizado o sindicato a firmar aditivo ao referido instrumento coletivo, incluindo os seguintes benefícios: Adição da cláusula: DAS DEMISSÕES IMOTIVADAS, e alteração das cláusulas 14ª – DO AUXÍLIO ESCOLA FUNDAMENTAL I e II – e a Cláusula 49ª – DA HOMOLOGAÇÃO RESCISÓRIA.

Trabalhador Unido, Jamais Será Vencido!

%d blogueiros gostam disto: