SINDIÁGUA-PB

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação da Água e em Serviços de Esgotos do Estado da Paraíba

Entidades sindicais demandam respeito ao Direito à Água e ao Saneamento

27 de março de 2012

Matéria do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens):

O MAB, a CUT e a Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), entre outros movimentos sociais e sindicais que integram a Plataforma Operária e Camponesa da Energia estão enviando uma carta para o comitê que discute a Rio+20, reunido em Nova York, na ONU. Com a carta, as organizações reivindicam que o Direito a Água e ao Saneamento, aprovado em 2010 pela Organização das Nações Unidas, seja respeitado e reconhecido como um direito humano fundamental.
As organizações criticam a postura da União Europeia que propõe alterar o texto da ONU e fazem um chamamento a todos os membros das Nações Unidas a respeitar, proteger e garantir o Direito Humano à Água e ao Saneamento.
Segundo a carta, não serão aceitas as negociações previstas para acontecer na Rio+20 relacionadas à economia verde, porque supõe um aumento da violação dos direitos humanos ao acesso à água e ao saneamento, através da introdução de mecanismos de mercado, com a apropriação privada para fins de mercantilização.

Fonte: MAB

%d blogueiros gostam disto: