SINDIÁGUA-PB

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação da Água e em Serviços de Esgotos do Estado da Paraíba

Nota divulgada à imprensa

8 de julho de 2013

“Servidores da Cagepa decidem fazer greve”

DSC09718O STIPDASE-PB acompanha, nesta segunda-feira (08), as assembléias de servidores da Cagepa, nas cidades de Patos, Cajazeiras, Sousa e Guarabira, que ratificam o indicativo de greve, por tempo indeterminado e em todas as unidades de trabalho da empresa, a partir de quarta-feira (10).

Segundo o presidente da entidade sindical, José Reno de Sousa, a decisão de se deflagrar a greve decorre de insistentes negativas da Cagepa, inclusive em mesas redondas da DRT-PB, de cumprir com a data base de reajuste salarial da categoria – que é 1º de maio. Na reunião mais recente, segundo o sindicalista, a empresa propôs um reajuste muito aquém do que está sendo reclamado pelos servidores: 5%, em parcelas mensais de 1% (de agosto a dezembro, sem retroagir à data base), além de outros 5% no vale-alimentação, em duas vezes – a primeira, em agosto; a segunda, em outubro.

Reno – como é mais conhecido – informa que os servidores da Cagepa decidiram, em reuniões que se realizam, há cerca de quase dois meses e em todas as regiões da Paraíba, reclamar um reajuste de aproximadamente 9%, aí envolvendo o INPC do período compreendido pela data base (12 meses), e mais 2% relativos a um ‘ganho real’ do que igualmente não foi concedido em período imediatamente anterior, no tempo em que a Direção da empresa propalava estado de pré-insolvência financeira.

Novas negociações – Nova rodada de negociações, segundo José Reno de Sousa, foram acertadas, por solicitação da Direção da Cagepa à DRT-PB, para sexta-feira (12), e as entidades sindicais que representam os servidores, mesmo com a manutenção da deflagração da greve, se farão presentes.

 

Já publicados: pbagora.com.br e maispb.com.br

 

%d blogueiros gostam disto: