SINDIÁGUA-PB

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação da Água e em Serviços de Esgotos do Estado da Paraíba

Sindiágua-PB aguarda publicação de decreto sobre as microrregiões de saneamento

16 de setembro de 2021

ÁGUA NÃO É MERCADORIA

“Estamos prontos a combater qualquer modelo de privatização e vamos convidar a todos a fazer o mesmo”

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviço de Esgotos do Estado da Paraíba (SINDIÁGUA-PB) está acompanhando atentamente os passos relacionados à situação da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e tomou conhecimento que até final de setembro a Companhia irá publicar o decreto com a modelagem das microrregiões de saneamento da Paraíba.

“Tomamos conhecimento a partir de matéria publicada pelo Brasil de Fato que a Cagepa irá publicar até final desse mês, o decreto com o modelo de gestão das microrregiões. Esperamos que a Cagepa e o Governo cumpram o que têm afirmado para a população e para a mídia e mantenham a Companhia como empresa pública”, afirmou a diretoria executiva do Sindiágua-PB.

No último dia 14 de setembro, a Cagepa se pronunciou dizendo que :”O governador paraibano tem reiteradamente dito que, enquanto ele estiver à frente do governo, a Companhia permanecerá como empresa pública. Sobre o modelo de gestão, será preciso primeiro implantar as microrregiões, cujo decreto com a minuta do regimento interno, deve ser publicado pelo Governo do Estado até o final deste mês. E só a após a primeira reunião do colegiado inter federativo, é que teremos a instituição formal das microrregiões. No tocante à Cagepa, a partir do contrato de financiamento estabelecido entre Governo do Estado e Banco Mundial, que visa aumentar a capacidade de resposta da nossa empresa junto à sociedade, foi contratada uma consultoria externa para promover a construção de uma nova modelagem administrativo operacional, visando acelerar o processo de modernização da Companhia, como melhoria de processos, otimização dos recursos públicos, redução de custeio, aumento de investimentos públicos e melhorias dos gastos da empresa com foco na universalização dos serviços água e esgotamento sanitário no Estado”.

O Sindiágua publicou no dia 10 de setembro nota afirmando que há muitas conjecturas, porém nada de concreto e oficial sobre a real modelagem de gestão futura da empresa, e que está pronto para defender que a Cagepa continue sendo pública.

“O Sindiágua-PB sempre ativo e presente em todas as lutas em defesa dos serviços públicos e da democracia brasileira há anos debate e prepara nossa categoria e população para defender as águas brasileiras e o saneamento público. Nossa expectativa é que o Governo mantenha a Cagepa pública, mas caso isso não ocorra, estamos prontos a combater qualquer modelo de privatização e vamos convidar a todos a fazer o mesmo”.

ASCOM SINDIÁGUA

%d blogueiros gostam disto: