SINDIÁGUA-PB

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação da Água e em Serviços de Esgotos do Estado da Paraíba

SINDIÁGUA-PB convoca para o ato Fora Bolsonaro deste dia 2 de outubro

28 de setembro de 2021

NA LUTA

Nesta terça (28) vai acontecer a plenária virtual unitária para mobilizar para o ato na PB.

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviço de Esgotos do Estado da Paraíba (Sindiágua-PB)convoca a todas as trabalhadoras e trabalhadores e também à sociedade para participar, neste dia 2 de outubro, de mais um ato por Fora Bolsonaro.
O ato está sendo puxado por diversos partidos de esquerda e por movimentos sociais, centrais sindicais e pelas Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, que já constroem a Campanha Fora Bolsonaro.


Na noite desta segunda (27), os sindicatos filiados à Central Única das Trabalhadoras e Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB) se reuniram para discutir o Fora Bolsonaro deste dia 2 de outubro e o Sindiágua-PB esteve presente. Nesta terça (28) é a vez de reunir movimentos populares do estado da Paraíba para a realização da Plenária Unificada pelo Fora Bolsonaro para organizar o ato de 2 de outubro no estado e o Sindiágua-PB, como não poderia deixar de ser, também estará presente.


Praticamente todas as centrais sindicais do país aderiram à mobilização, incluindo CUT, CTB, UGT, CSB, CSP-Conlutas, Força Sindical, Nova Central Sindical de Trabalhadores e Intersindical.


Em nota pública de convocação do ato, as entidades destacaram a grave situação econômica vivida pela população brasileira. As entidades voltam a pedir o impedimento do presidente. “Em um país com 212 milhões de habitantes, cuja maioria, segundo todas as pesquisas, rejeita e desaprova Bolsonaro, é urgente que o Congresso Nacional atenda o clamor popular e acate a abertura de processo de impeachment para que Bolsonaro seja afastado e seus crimes apurados e julgado. Já são mais de 130 pedidos engavetados na presidência da Câmara dos Deputados, enquanto o país afunda no lodo presidencial”, afirma a convocatória conjunta das centrais sindicais.


Desde as movimentações contra o golpe de 2016 que o Sindiágua-PB esteve presente em todos os atos, ocupando as ruas para defender os serviços e o saneamento públicos. “Uma ofensiva se abateu contra os direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores brasileiros e desde então precisamos denunciar e nos organizar para enfrentar a diminuição do estado Brasileiro e a retirada de direitos, além da tentativa constante de privatizar tudo que é do patrimônico do povo brasileiro”, explicou a diretoria executiva do Sindiágua-PB.


Neste ano de 2021, já é a sétima vez que o Sindiágua-PB vai às ruas por Fora Bolsonaro junto a outros movimentos populares e sindicais porque enquanto Bolsonaro estiver no governo, não vai haver sossego. O objetivo dele é vender o Brasil e retirar todos os direitos conquistados pelo povo brasileiro. “Além das nossas lutas por uma Cagepa pública, temos a ciência de que só a luta política vai nos garantir que o saneamento continue público, retirar Bolsonaro do poder significar manter as águas brasileiras públicas, exercer o compromisso social das companhias estaduais de água e esgoto em executar o subsídio cruzado, manter a tarifa social e tratar esse serviço, não com vistas ao lucro, mas ao acesso ao bem comum”, explicou o presidente do Sindiágua-PB, José Reno de Sousa.


Em João Pessoa, o ato do dia 2 de outubro vai contar com carreata ecaminhada, ambas com concentração às 9h. A carreata sai da Praça da Independência e a caminhada, de frente do Liceu Paraibano.

%d blogueiros gostam disto: